FUTSAL SC


Caça e Tiro inicia planejamento com vistas a Divisão Especial
Diretoria segue negociando com jogadores vice-campeões e já anunciou reforços para a reapresentação marcada para 20 de fevereiro. Rafael e Picolé (ex-Unisul) e Andrei (ex-Pinhalzinho) são as novidades anunciadas.    

Após um jejum de sete anos sem clube na elite do futsal barriga verde, o município de Lages retornou ao certame e pela porta da frente da flexível Federação Catarinense de Futebol de Salão. O Clube Caça e Tiro/Honolulu/FME foi vice campeão da 1ª Divisão, perdeu a decisão para o Videira, em dois jogos de placares iguais, 04 a 03, mas como venceu o returno, assegurou a vaga conforme o regulamento e com os potentes holofotes da “bola pesada” voltados para a Região Serrana.Os motivos pode se elencar vários, mas o principal foi a ousada dinâmica administrativa da diretoria, que baseando-se na estrutura social e de credibilidade que o clube dispõem,  retornou as quadras utilizando-se de um minucioso projeto totalmente caseiro.
Ou seja, inicialmente formou-se uma equipe genuinamente lageana. Ela até obteve resultados importantes, mas aos poucos a competitividade frente aos outros 12 clubes que participaram da temporada falou mais alto e com isso entrou o profissionalismo do treinador Juninho e a experiência de alguns atletas oriundos de outra regiões. Mas foi no sonho de consumo de rever atletas pratas da casa com renome até internacional vestindo as cores do município que isso se tornou possível. O retorno de jogadores como: Japonês, Fabrício, Edgar e o próprio Marino, somados a um conjunto de 42 patrocinadores reconquistaram o carente prazer do lageano, que era torcer e com isso vieram os resultados.“Conquistamos o nosso objetivo que era subir para a Divisão Especial, agora a história é outra, precisamos nos manter no topo”, argumentou o presidente do clube, José Capela, lembrando que o time ainda foi campeão dos Jogos Abertos Microrregionais e vice dos Regionais.  
  Com o término do campeonato, o processo de renovação do plantel e projetos estão sendo cuidadosamente executados passa a passo, sendo que até o presente momento, apenas três jogadores foram confirmados: Rafael (goleiro) e Picolé (que estavam na Unisul) e o jovem Andrei, aquela baixinho bom de bola da equipe de Pinhalzinho (camisa 20), além do técnico Juninho, que teve a permanência anunciada após a conquista do returno. Dos jogadores vice-campeões na temporada a diretoria vem conversando um a um separadamente, sendo que o objetivo é a renovação com todos. “Eles têm a prioridade, mas se por algum motivo não se encaixarem na continuidade do projeto, estarão livres para negociar com outros clubes”, alertou Nilson Cruz, um dos diretores da equipe.
Segundo Cruz, para a temporada 2013 deverão ser contratos entre 15 e 16 jogadores, sendo que a reapresentação para a pré-temporada está marcada para o dia 20 de fevereiro. “Nessa data teremos a presença de profissionais convidados de fora da cidade para realizar as avaliações, sendo que de Lages os parceiros serão os doutores: Marcelo Appel (ortopedista) e os fisioterapeutas Fabrício e Adrian’’, anunciou. Na oportunidade, ambos aproveitaram para agradecer ao publico e patrocinadores o apoio ao longo da temporada vitoriosa. E de quebra anunciaram, que após conversa com o treinador da seleção brasileira de futsal, o popular ‘Pipoca’ que esteve em Lages prestigiando a posse do prefeito eleito, Elizeu Mattos, ficou acertado a realização de um  quadrangular no mês de março, com a presença de equipes renomadas que estão sendo feito contados. “O evento está confirmado, resta acertamos as equipes, ma sem breve estaremos anunciando. E do mais só temos que agradecer e agradecer ao povo lageano o apoio. Em 2013 tem mais”, finalizou Capela.
    
  

0 comentários:

Postar um comentário