FUTSAL

Internacional de Lages bobeia e cede empate em casa
FONTE:, Correio Lageano, por Adecir Morais
Num jogo de dois tempos distintos, o Inter/ACBV/FME Lages apenas empatou com o Xaxiense, por 2 a 2, na noite de sábado (29), no Ginásio Jones Minosso, bairro Universitário, em Lages, pela sétima rodada do Estadual da Primeira Divisão de futsal. O resultado deixou o time lageano na 10ª posição, com sete pontos. No primeiro tempo, Macalé abriu o placar aos 6 minutos de jogo. Faltando cinco para o fim da primeira etapa, Pablo, livre de marcação após cobrança e escanteio, ampliou para o time da casa. Ainda no primeiro tempo, os lageanos tiveram chance de matar a partida, mas erraram na pontaria. Depois disso, até o intervalo, o momento de maior destaque foi o desentendimento entre Pablo e Wellinton, do Xaxiense. O lance rendeu cartão amarelo ao colorado Dudi, que não gostou da atitude do adversário e deu de dedo na cara dele. Os ânimos ficaram exaltados até o fim da primeira etapa.
 Na volta do intervalo, o Inter demonstrou apatia e cansado e o Xaxiense mudou o panorama do jogo. Aos 9 minutos, Wellinton descontou para o time visitante. E faltando três para o fim do duelo, que levou cerca de 300 torcedores ao ginásio, ele próprio empatou de pênalti cometido por Macalé. Ao comentar o empate, o técnico Cabide concordou que o time foi apático no segundo tempo, permitindo o empate. Ele também lamentou as chances perdidas, principalmente na primeira etapa. “Perdemos de matar a partida no primeiro tempo e no final saímos com apenas o empate”, lamentou. Com o resultado, o Inter permaneceu na 10ª colocação, com sete pontos, sendo três vitórias e quatro derrotas, em sete jogos disputados. No próximo sábado (6) vai a Pinhalzinho tentar a recuperação diante da Adesp. Doze equipes disputam o torneio.
POSSÍVEIS BAIXAS NO PLANTEL 
Na noite de ontem a dupla de diretores da equipe, Pacheco e Nelson, que, aliás,  só pra lembrar, conseguiram o apoio maciço da imprensa lageana, situação que não acontecia em anos anteriores, voltaram a participar do programa Retrospectiva Esportiva da rádio Guri. Na oportunidade, ambos foram sucintos em ressaltar que haverá baixas no grupo. O principal fator seria certo confronto de vaidades entre alguns jogadores entre outras situações por eles avaliadas no ultimo jogo. de quebra, Pacheco afirmou que abriu conversação com 5 jogadores da cidade, sendo o principal deles Sidnei Galinho, que acabou assinando contrato com o Grêmio Falcões de Herval do Oeste. Os demais seriam Tio Nanas, Felipe, Guinho Cattoni e mais um nome que permaneceu em sigilo, já que está praticamente acertado, além é claro, de Leadrinho que já foi anunciado aqui como certa sua contratação. 
FOTO - JONES PAULO

0 comentários:

Postar um comentário