TAÇA CATARINENSE

Caça vence em Chapecó e fica a um empate da decisão
 Com a vitória na primeira partida, o time lageano pode perder no tempo normal e apenas empatar na prorrogação no jogo de volta que, mesmo assim, fica com a vaga

Na noite desta terça-feira (28) a equipe do Caça e Tiro/Honolulu/FME foi a Chapecó enfrentar a Chapecoense/Futsal e deu um grande passo rumo a classificação para a final da Taça Catarinense. 
O jogo
O Caça começou melhor a partida e não demorou para abrir o placar. Logo aos quatro minutos, em uma roubada de bola no meio da quadra, ela chega para Dudu que bate cruzado, a bola desvia na defesa e engana o goleiro Serjão: 1 a 0 Caça. O domínio lageano continuava e aos 8’49” a equipe da Serra ampliou o marcador. Willian tabela com Rodrigo no meio da quadra e avança, o pivô bate forte de perna esquerda para marcar o segundo do Caça.


Três gols em menos de dois minutos
Perdendo por 2 a 0, a Chapecoense partiu pra cima do Caça e faltando 5’56” para o fim da primeira etapa, Duda gira em cima de Fabrício e bate no canto esquerdo de Roger para diminuir o marcador. Faltando 4’44”, o goleiro Roger bate forte do meio da quadra e vence o goleiro Serjão, que tinha a visão encoberta pelos seus defensores; 40 segundos depois, a defesa do Caça dá bobeira e a bola sobra para Gabi bater colocado e pôr fogo no jogo. Fim da primeira etapa com vitória parcial do Caça por 3 a 2.

Segundo tempo
A Chapecoense começou o segundo tempo pressionando em busca do resultado; já a equipe lageana marcava forte e tentava sair nos contra-ataques. Faltando 11’27” para o fim da partida, a pressão dos donos da casa surtiu efeito. Dinho avança pela direita e bate forte cruzado para deixar tudo igual no marcador: 3 a 3. Quando faltavam 6’06”, Jean Pierri aproveita o vacilo da defensiva da equipe de Chapecó, avança sozinho e na saída de Serjão toca entre as pernas do goleiro para pôr o Caça novamente à frente. Com a desvantagem no placar, o técnico da Chapecoense apostou no goleiro-linha, mas a tática deu errado: Rodrigo e Dudu marcaram mais dois gols para a equipe da Serra que voltou para Lages com uma vitória de 6 a 3.
Jogo de volta
A partida de volta está marcada para sexta-feira (31), às 20h15min, no ginásio Jones Minosso, em Lages.
Como fica
Caça e Tiro/Honolulu/FME – joga por um empate para garantir a classificação; em caso de derrota no tempo normal a equipe lageana mantém a vantagem do empate na prorrogação.
Chapecoense/Futsal – para garantir a classificação, a equipe do Oeste do Estado precisa vencer no tempo normal e na prorrogação.

0 comentários:

Postar um comentário