3ª COPA CHAMPION

Frei Rogério é bicampeão com goleada
Chegou ao fim na manhã de domingo (7), a 3ª edição da Copa Champion de Futsal, que nesta edição homenageou o superintendente da Fundação Municipal de Esportes, Armando Mello Júnior. Devido ao ajustamento de datas, apenas as equipes finalistas compareceram para jogar, com Adriano Meira e Ivan Juliano, o popular “Cabeça”, disciplinando os confrontos.
Pela chave Ouro a equipe do Frei Rogério/Mecânica Bortolini fez história ao golear o Bello Pane/Hiper Pizza pelo marcador de 07 a 02.  Fabrício Dias (2), Marcelo Rosa (2), Alan, Maurício e Guto anotaram pelo bicampeão, com o popular “Telão”, que saiu do banco de suplentes descontando duas vezes pelo Bello Pane.
EMPÓRIO LANCHES 

J.ZAGO

BELLO PANE/HIPER PIZZA

FREI ROGÉRIO/MECÂNICA BORTOLINI
A partida que foi demarcada pela anotação de 19 faltas e aplicação de 5 cartões amarelos e um vermelho, foi de ritmo intenso do primeiro ao último segundo de jogo. O goleiro Kaubi do Frei Rogério, eleito melhor defesa com 15 gols sofridos, precisou trabalhar dobrado para garantir o resultado. Só na primeira etapa que terminou com marcador de 03 a 00, realizou pelo menos quatro defesas importantes. “Estava num dia inspirado e contei com a sorte em pelo menos dois lances”, brincou ao final da partida o guarda metas, que pelo segundo levou a premiação de melhor defesa.
MELHOR DEFESA

ARTILHEIRO
A equipe do Bello Pane que tinha a melhor campanha da competição, até chegou a fazer frente ao bicampeão, porém esbarrou nas finalizações, e lamentavelmente, quase ao fim do jogo, ainda perdeu o pivô “esquentadinho” Rick, que não repetiu nem a metade das atuações anteriores e preferiu depositar na arbitragem e nos colegas de equipe seu péssimo desempenho. Ele agrediu com um tapa o central Fabrício Ribeiro e ao deixar a quadra saiu proferindo ameaças aos árbitros. Atitude reprovável e antidesportiva, haja vista que durante toda a competição sua equipe foi uma das mais disciplinadas. Sem contar ainda, que num jogo antes, de semifinal, o mesmo não jogou, apareceu no ginásio ao fim da partida. Portanto, sua falta no grupo não deve fazer muita falta.      
J. Zago campeão da Prata
Pela chave Prata o campeão foi a equipe do J. Zago Center, que derrotou o Empório Lanches pelo marcador de 10 a 07. A partida que teve a aplicação de apenas um cartão amarelo e a anotação de sete faltas foi equilibrada no primeiro período, terminou com placar de 03 a 02 para o campeão. Já na fase complementar prevaleceu o banco de reservas do J. Zago, que com sucessivas trocas, aos poucos foi dominando a partida, uma vez que a equipe do Empório veio ao jogo somente com cinco atletas. “Tivemos um desgaste muito grande no sábado, estávamos disputando a Copa dos Lagos pelo município de Capão Alto e parte do nosso elenco sentiu o cansaço da semifinal onde também fomos derrotados pela seleção de Cerro Negro”, lembrou o pivô Alex, autor de quatro gols. Quem também balançou as redes quatro vezes foi o pivô Ederson Nassif, do J. Zago, que chegou a 17 gols e sagrou-se artilheiro da competição.


Durante a rápida cerimônia de premiação, foram prestadas as homenagens ao superintendente Armando Mello, que por motivos profissionais não compareceu ao evento, mas que foi representado pela Musa do Jocol, Suellen Correa. Outro homenageado foi a empresa Madeireira Fontana, na pessoa de Gilson Fontana, que não compareceu mais enviou representante. A competição teve a duração de três meses e contou com a participação de 20 equipes.


0 comentários:

Postar um comentário