AMADOR DA LSF TEM CONTINUIDADE DOMINGO

Pelo campeonato de Amadores da Liga Serrana de Futebol, apenas duas partidas (as de sábado) foram realizadas no final de semana. Ambas foram válidas pela 7ª rodada da competição. As chuvas foram o principal percalço para o cancelamento da continuidade da rodada.
Placares:
América 04 x 00 Inter Amigos  
Ass. São Luis/Piramide 02 x04 Cruzeiro

As partidas de domingo, ficaram com horários mantidos e serão realizadas neste domingo, dia 22.

10h – Guarujá x São José
14h – Nacional Jr x Juventude

16h – Vila Mariza x Cristal

JOCOL SÉRIE A e B COM COM GRUPOS DEFINIDOS


Na noite de ontem aconteceu o sorteio das séries “A” e “B” da modalidade de futebol dos Jogos Comunitários de Lages. A novidade segundo alguns dirigentes que acompanharam as atividades, ficou por conta de uma nova mudança no sistema de disputas. Ou seja: Mantiveram-se dois grupos com dez equipes, jogando entre si na primeira fase, no entanto, os piores colocados de cada; irão para o descenso (segunda ou terceira divisão), sendo que: na segunda fase, os jogos serão eliminatórios. Em outras palavras: classificam-se apenas 4 equipes por grupo. Outras quatro se mantêm na respectiva série (A ou B) e dois amargam o rebaixamento. Veja os grupos:
            GRUPO A
         GRUPO B
ATLETICO HONONOLU
BOTAFOGO
VILA MARIZA
BARRA AZUL
CRB
SERVILHA
PORTUGUESA
SÃO LUIZ
AJAX
ATLETICO PEREA 
NACIONAL
CRUZEIRO
LACORUNHA
SÃO LOURENÇO
INDUSTRIAL
SÃO LUIZ
VILA MARIA
FREI ROGERIO
ATLETICO CENTENARIO
BENFICA ASSOLAN


SERIE B

            GRUPO A
         GRUPO B
SAO BENTO
FIGUEIRINHA
JUVENIL
PALMEIRAS
SAO CARLOS
AJAX JR
SAO CRISTOVAO
HABITACAO
SPORT UNIAO
CRUZEIRO JUVENTUDE
ATLETCO VILA MARIZA
CRUZEIRO JR
SPORT SANTA CRUZ
GTN
PANORAMICO
DOM DANIEL
VILA REAL
UDINESE
VILA COMBONI
ACBV

Por telefone conversei com alguns dirigentes e notei que houve certa aprovação de ambos, já que segundo relatam – “na forma anterior, com 4 grupos de 5 equipes cada, seria um (torneio da morte)”. Em minha opinião inflacionaria ainda mais a competição, afinal, as equipes teriam que formar plantéis de alta qualidade se não quisessem ver o “fantasma” do rebaixamento bater na porta de suas sedes.

Por outro lado...
Quando se fala em Jocol, muito dirigentes de clubes só pensam em montar equipes (muitos gastam horrores em contratações), afinal, é de “graça”, em anos anteriores até uniformes eram dados aos clubes. Mas a realidade financeira é outra, sem contarmos que esse enxugamento na competição se deve ao fato do declínio da arbitragem lageana, ou seja, são poucos árbitros com “tutano nas veias” para vestir um uniforme e ir campo disciplinar as partidas. 
Em determinadas situações, se não tem o apoio da polícia jogos não acabam.Pergunta: 
De quem é a culpa? 
Em minha opinião não é de quem gera o evento, mas sim dos próprios clubes, que muitas vezes se desgastam no “tapetão” tentando salvar atletas mal intencionados. E detalhe: corrijam-me se eu estiver errado – Se fosse ao sistema proposto anteriormente todo mundo iria jogar do mesmo jeito. A reclamação seria geral, mas a competição é tradição na cidade, o que falta hoje, é uma melhor organização dos clubes. Sempre preguei a fundação de uma associação dos clubes amadores de Lages, mas, infelizmente, a desunião ainda é muito grande.

Série A e B
Poucos sabem, mas as séries A e B do Jocol, são as mais violentas da competição. O maior número de incidentes como agressões a árbitros e até mesmo a jogadores, dirigentes e torcedores são nessas duas modalidades. Com a criação a Comissão Disciplinar e também o Tribunal de Justiça Desportiva de Lages, houve certo descenso. Melhorou, mas ainda existem “engraçadinhos” que tentar levar tudo na base da truculência, não é a toa que a lista de atletas punidos pregada no mural da FME só aumenta a cada temporada.
 A série “C” a mais disciplinada
Leia-se, o “B a Bá” da modalidade de futebol ainda é a mais disciplinada da competição. Com o passar dos anos ela vem se elitizando, jogadores de ponta aos poucos estão migrando, deixando ela ainda mais disputada. Este ano quem acompanha como nós a competição pode notar, será um dos anos mais difíceis de conseguir um acesso a série B. Tem muito atleta de ponta deixando a série A e B por alguns trocados ofertados por quem pode pagar. Afinal, ainda tem muito time ruim. A competição passa a ter emoção quando se nivela, ou seja, quando apenas 32 clubes permanecem.   
Série A e B só em junho

Um dos fatores que irá valorizar ainda mais a série C este ano, é o fato das séries A e B começarem só após o nivelamento da série C. Ou seja, como tem poucos árbitros no quadro, as equipes terão que esperar 7 rodadas para o término da primeira fase. Caso chova na “Amures”, haverá um descarte de datas (serão remarcadas). Desta forma, o evento começa dia 28 deste mês, se não chover...vejam bem...senão chover, deve terminar dia 10 de maio. Mas como é muito imprevisto, vamos ter pelo menos três finais de semana de descarte no mês de maio e caso tenhamos a Festa Nacional do Pinhão, quem disputa a série A e B, irá estrear somente em junho. E como temos dois finais de semana de festa, traduzindo: só pelo meio do ano. Nesse tempo pessoal ou fica parado ou joga amistosos. 

0 comentários:

Postar um comentário