Em jogo disputado, Inter de Lages e Metropolitano empatam na serra

Trípodi e Reinaldo, ambos de cabeça e na segunda etapa, marcaram na partida

Diferentemente do último confronto entre as duas equipes, na quarta-feira, quando os Lageanos saíram vencedores por 2 a 0 e renasceram as chances de levar o Inter à final, o duelo de hoje entre Inter de Lages e Metropolitano teve o equilíbrio da partida refletido no placar. Com o empate, as duas equipes se distanciam ainda mais dos líderes. Na próxima rodada, o Inter vai a Joinville para enfrentar o atual líder do hexagonal, no domingo, às 16h. Já o Metrô recebe em casa, um dia antes, no sábado, a terceira colocada Chapecoense. O confronto está marcado para às 16h.

Primeira etapa truncada, mas com duas bolas na trave
O jogo começou da mesma maneira que terminou: equilibrado. Nos primeiros minutos, poucas chances reais de gols foram criadas pelas equipes, até que aos 22 minutos, após cobrança de escanteio, Patrick sobe e acerta a trave de Fernando Henrique. O lance parece ter acordado os donos da casa e seu principal jogador, quando pelos pés de Marcelinho Paraíba, que de todas as formas tentava trazer o Leão Baio para cima, surgiram constantes investidas para o colorado. O esforço por pouco não foi coroado, quando aos 39 minutos, após passe de Lucas Gabriel, Reinaldo finalizou e acertou a trave de Maurício. E assim as equipes foram para os vestiários.

Segundo tempo movimentado e com gols, mas com final infeliz para os dois lados
As equipes voltaram e trouxeram junto delas a pontaria. Logo aos 7 minutos, Trípodi recebe levantamento na área e estica a perna para colocar o time do vale na frente. Após o gol, a torcida colorada resolveu não desanimar e aumentou o volume nas arquibancadas. E o apoio deu resultado: quatro minutos depois, aos 11, Marcelinho Paraíba cobrou escanteio e a zaga afastou nos pés dele. Na segunda tentativa o camisa 10 encontrou Reinaldo na área, e o experiente atacante não perdoou, cabeceou firme e empatou a partida. O gol igualou o placar e também esfriou a partida, que só voltou a ter boas chances nos minutos finais. Aos 32, Willyan Sotto recebe passe Rafhinha na área e chuta por cima do gol do Metrô. A resposta veio dez minutos depois, quando aos 42, Trípodi recebe cruzamento na área e, sozinho, cabeceia para Fernando Henrique mostrar reflexo e salvar o Inter de uma derrota em casa. Com três minutos de acréscimo o Leão Baio foi completamente ao ataque, mas a pressão não deu resultado e o empate não saiu do placar. Insatisfeitas, as duas equipes se distanciam dos líderes e se complicam na busca pelo título.


Ficha técnica: Inter de Lages 1x1 Metropolitano
Local: Estádio Vidal Ramos Júnior, em Lages (SC)
Data: 29/03/2015
Horário: 18h30
Arbitragem: Rodrigo D’Alonso Ferreira, auxiliado por Henrique Neu Ribeiro e Clair Dapper
Cartões Amarelos: Jefinho, 7/1T; Victor Hugo, 19/1T; Lázaro, 19/2T(Inter de Lages) Marcos Vilela, 30/1T; Elton, 41/1T; Marlon Bica, 9/2T(Metropolitano)
Gols: Mariano Trípodi (7/2T) e Reinaldo (11/2T)

Inter de Lages
Fernando Henrique; Canavarros, Victor Hugo, Lázaro e Jefinho (Teco); Diogo (Willian Sotto), Parrudo, Gustavo (Rafhinha), Lucas Gabriel e Marcelinho Paraíba; Reinaldo
Técnico: Marcelo Mabília

Metropolitano
Maurício; Marcos Vilela, Alexandre Carvalho, Elton e Diego (Juninho); Marlon Bica (Thiago Silva), Rodney, Altino e Lauro César (André Lima); Mariano Trípodi e Patrick
Técnico: Pingo

Fora isso.....
Só a volta do Leão Baio, até que enfim, repensaram o projeto. 


A torcida agradece!

Texto: Futsal SC
Fotos: Nilton Wolff/O Goleador 

0 comentários:

Postar um comentário