COPA GUARUJA - Título foi decidido no par ou ímpar

Equipes dividiram a premiação em dinheiro e disputaram troféu na sorte 
Após uma semana de adiamento por falta de policiamento para dar segurança aos oficiais de arbitragem, no último domingo foi conhecido de forma um tanto curiosa, o campeão da Copa Guarujá de Futsal. É a equipe da Madeireira Fontana, que, acreditem: venceu o Cristal Baixada nos bastidores. Ou seja, no tiro de par ou ímpar, já que dentro de quadra não teve bola rolando. As duas equipes em comum acordo dividiram a premiação em dinheiro e disputaram o troféu de campeão na famosa batida da sorte.Segundo relatos dos próprios atletas, os dirigentes não concordaram com a organização que precisou baixar a premiação oferecida doravante ao suposto calote de alguns clubes na taxa de inscrição. Desta forma, não concordando com o pagamento da taxa de arbitragem optaram pela disputa paliativa, que culminou com a vitória da Madeireira Fontana.
 Mesmo com um grande plantel a Madeireira Fontana venceu competição de forma inusitada
A decisão de terceiro lugar foi disputada em quadra, com a equipe do Xunda FC, vencendo o Recaplan Pneus pelo marcador de 09 a 03. O artilheiro da competição foi Macalé do Guarujá, com o Madeireira Fontana conquistando ainda o troféu de Melhor Defesa. Vale lembrar que apesar da forma curiosa em que se encerrou a competição, a mesma estava há mais de três anos sem ser realizada, haja vista a acomodação e política “raivinha” de líderes comunitários e, principalmente, pela carência de pessoas dispostas a trabalhar em prol do crescimento acentuado e social do esporte amador. Outro grande exemplo é a Copa Guarujá de Futebol Sete, que após as trocas políticas em torno da Associação de Moradores acabou com atividades engessadas. O que mais chama a atenção ainda, é que o esporte do bairro é muito rico, tem lá suas carências, dispõe de um vereador titular no Paço Legislativo, tem um comércio que apóia, mas tem uma pergunta que tende a não calar – O que falta para as coisas darem certo?     

0 comentários:

Postar um comentário