COPA CIDADE: L.A CORDEIRO É CAMPEÃ EM DECISÃO NOS PENÂLTIS

Chegou ao fim da noite de ontem (25), no Ginásio da Neva, a Copa Cidade de Futsal Masculino. O campeão da temporada é o L.A Cordeiro, que derrotou nos pênaltis o Amigos da Quarta, pelo marcador de 04 a 03, após empate de 04 a 04 no tempo normal, em jogo pra lá de eletrizante. Fercaus goleou o Bilhares Tomacheski e ficou em terceiro.

DECISÃO DE TERCEIRO
Em jogo de três cartões amarelos, 11 faltas diretas, 08 gols e sobre o comando da dupla Fran e Norma no apito, o Fercaus garantiu os  R$ 1 mil em dinheiro ao vencer o Bilhares Tomacheski.  O placar foi de 06 a 02. Marcaram Fabiano (2), Dirceu (2), Eliseu e Lucas. Pedro Henrique descontou às duas vezes. 

O primeiro tempo terminou 02 a 01 para o Fercaus, que na etapa complementar sobrou em quadra. Aliás, a partida começou atrasada, já que houve falta de comunicação entre os dirigentes das duas equipes e, curiosamente, ambos vieram a quadra de uniformes iguais. Até que se providenciou outro, lá se foram poderosos minutos de espera.  


FINAL DE TIRAR O FÔLEGO
Amigos da Quarta e L.A Cordeiro protagonizaram um jogo de dois tempos distintos. Ou seja, o primeiro período foi todo dos vice-campeões e o segundo dos campões, com direito a gol de empate a dois segundos de zerar o cronometro. Foi numa cobrança de tiro livre bem executada por Dyou.


Mas falando do jogo. O primeiro gol saiu já com 1min21seg de jogo, através de uma cobrança de pênalti, que, diga-se de passagem, foi muito bem anotada pela árbitra Norma, que viu um toque de mão de Kelvin durante uma finalização com bola em direção a meta do goleiro Jhonney. Thiago cobrou e abriu o marcador. 

VÍDEO DO GOL DE PÊNALTI, PRIMEIRO DA PARTIDA 
A equipe do Amigos da Quarta com um elenco de atletas mais experientes, cadenciava o jogo e, aproveitando-se do fator de jogar com um pivô que exigia a dobra de marcação, aguardava em sua quadra e atacava sempre com finalizações de perigo. Já o L.A Cordeiro que iniciou a partida sem um pivô de referência chegava, mas sem qualidade. Desta forma, eles ainda sofreram mais dois gols ainda. Aliás, com filme repetido. O goleiro quebrava a bola na reposição de jogo, sempre no bico da área, o falso pivô antecipava-se a marcação e raspava a bola que melindrosamente acabava no barbante. Foram dois gols assim. Acreditem de cabeça. Thiago Lucas e Willyan. 


Com 03 a 00 no placar e com o goleiro subindo quase sempre para jogar na quadra adversária com os pés, o Amigos da Quarta dominou parcialmente o período. Foi somente quando Robson fazendo o pivô entrou pela L.A Cordeiro e passou a forçar o recuo para a dobra de marcação que começou a aparecer às chances de gol. Foram duas. A primeira com um chute de Robson que mesmo prensado acabou na trave e com Pedro Júnior, que com o gol aberto, preferiu dar mais um drible no marcador e acabou desarmado, já que o goleiro havia ficado pelo caminho.

Já na fase complementar a partida pegou preço. O Cordeiro diminuiu logo no segundo minuto de jogo com Kelvin. E com isso a equipe passou a atacar com mais velocidade, promovendo uma série de viradas de bola e um bombardeiro sobre a meta do Amigos. O segundo foi anotado por Dyou após cobrança de falta e na sequencia do lance Pedro e Anderson acabaram expulsos. 


Sabe aqueles famosos empurrões quando você busca a bola na meta adversária para forçar a cobrança rápida do tiro de centro? Pois então, foi num desses. A árbitra Fran bem posicionada não pensou duas vezes, mandou a rapaziada ir se acalmar no chuveiro.

EMOÇÃO 
E de lá pra cá foi um Deus nos acuda. A partida ficou aberta, finalizações pelos dois lados e a equipe do Amigos da Quarta demonstrou certo cansaço e também descontrole emocional, abusou nas faltas. Recebeu mais três cartões amarelos contra um do Cordeiro, que numa saída errada de bola sofreu o quarto o gol anotado por Emilio. Quando tudo parecia definido, veio o terceiro gol do L.A Cordeiro com Robson, a 2 min15seg do fim,em cobrança de pênalti.
E com a torcida toda em pé nas arquibancadas o empate veio num tiro cobrado por Dyou, em falta defronte a mesa de jogo, a dois segundos do fim da partida. Na cobrança ele não titubeou e empatou o jogo, para lamentações da equipe do Amigos da Quarta.

ACOMPANHE O VÍDEO COM A COBRANÇA DO TIRO LIVRE 



Veja o vídeo com as cobranças de pênaltis:



Ainda na quadra aconteceu a rápida cerimônia de premiação. O Fercaus levou R$ 1 mil, os Amigos da Quarta R$ 2,5 mil e os campeões R$ 4 mil. Dyou artilheiro com 21 gols e o Amigos da Quarta ainda levou os troféus de Melhor Defesa e Disciplina da competição que foi organizada pela Liga Ferronatto de Futsal, através do desportista Evandro e sua equipe.   









0 comentários:

Postar um comentário